quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Bodas de algodão

Why today is the day my friend
By Antonio Siqueira and dedicated to Celso Lins


Ele resolveu ser musico e professor de historia de uma só vez, mas parece que o efeito colateral é evidente. Hoje é o dia dele e, com certeza, é dia de rock, uísques, absoluts, absintos e outros venenos que compõem a fusão antropossáurica e autodinâmica deste ser. Hoje é aniversário de Celso Lins, o nosso Celsito que, segundo ele próprio, está comemorando estes seus 35 anos como uma verdadeira celebração e elegia à vida. Se eu fosse sacudido por uma tremedeira de 9.3º na escala Richter, também celebraria meu aniversário com ritos de bravura nórdica ou com longos rituais de chá de ibogaína da boa, é claro, e dançando doidão com uma tribo de gente mais doida ainda.

Não poderia deixar de parabenizá-lo através de um espaço que este meu grande amigo navega e interage freqüentemente. Adorador de todas as artes,  guitarrista virtuoso e cantor afinadíssimo em talento e alma, com médios de tirar o fôlego. Celsinho se sente em casa aqui e colabora muito para a manutenção ideológica dessa bagaça cultural com 60 ilustres seguidores.

Meu amigo hoje terá muitos risos, muito The Who e amigos maravilhosos à sua volta.  Muito som, muito amor, poesia, Rock n Roll e barro na boneca.               



Um vídeo que você ama e a certeza de uma amizade eterna:


                                             





...e um poema da nossa Silvinha Scheareder:



Dizem e cantam
O respeito pelo indivíduo
Mas a feia verdade ignorada
Expõe nossa hipocrisia

Negamos o universo alheio
Negamos o individualismo
Está impresso em nossos genes
A falsa sensação de que somos o umbigo de Andrômeda

Hei, entre na pequena porta e veja
Cada um de nós é um universo, Bishop!

Delicie-se com a dor da solidão

Só cortando dolorosamente as amarras da dependência
É que sagraremos no mais alto grau
O Você e o Eu

A pequena porta quando aberta
Te deixará cego
Com medo e inseguro

Há, no entanto, de se perceber em seguida
Uma festa dionisíaca

Apenas entre
Sirva-se de um vinho
E aproveite toda a intensidade despida da humanidade...



Post dedicado ao amigo mais que querido, Celso Lins




10 comentários:

Celso Lins disse...

Já não sou muito bom com as palavras, mas aqui a tarefa é simples; é escrever que estou chorando...os bêbados choram fito crianças que não mamam e adultos que não amam. Eu amo a vida e amigos como você, meu imprescindível Antonio Siqueira. Feliz aniversário para mim...para nós! E acenda uma fogueirinha no meio da sua sala, kkkkkkkkkk... não é bem melhor?

Magda Camila disse...

Só o dia que passamos ontem e com direito à uma ida a São Cristovão, um almoço surreal, muitos docinhos http://www.pbase.com/andremendonca/image/98926936
a tal da cachaça marimbondo sugerida pelo Antonio (deus do céu!).
E o seu aniversário, Celsinho! A essência da coisa! Que Deus cuide bem de você por que você cuida bem dos filhos dele, meu amor. O almoço na Firmina foi muito bom! olha nós aí, rs http://www.pbase.com/andremendonca/image/98926939 Eu vou descarregar o resto das fotos, primeiro as meninas, hahahahaha...
Obrigado pelo seu carinho sempre e todos que estiveram conosco ontem.

Magda

Anônimo disse...

Parabéns querido! Apesar de lhe conhecer poco, pois estivemos juntos por apenas 2 vezes aqui em CG, simpatizo muito com su persona.

Realmente eu reparei uma concentração de homens sedentos de carne e cerveja no simpático boteco quando por lá passei agorinha de carro ao retornar para almoçar. Acho que aparecerei por lá à tardinha, já que minha senhora está com mãe em Cabo Frio e não ficará aqui achando que têmm mulheres no evento e tudo mais.

Feliz amiversário, querido Celsinho e gostei dos versos da
Silvia.

Eloy

Antonio Siqueira disse...

Pode ir sem nenhum temor por que ninguém ali gosta de mulher, Eloy. ushuahuahsuahsuashuaha

abração, meu ilustre vizinho.

Antonio Siqueira disse...

Foram horas, realmente, maravilhosas. É gratificante estar com pessoas que amamos aqui na terra, rs. O aniversariante estava feliz e hilário...até perdeu o ultimo celular que tinha, hehehehe. Só que não terminou, pois o menino está se dirigindo nesse momento para o boteco do manollo para participar de um churrasco em sua homenagem (acho que se tiver mais alguma coisa no sábado, será em intenção à sua alma.) com figuras como Benac, Roger, Fininho, José Carlos Magrinho, Julio Cachaça, Fernando Grilo, Marcos Vinícius e Andrei. Uma turma da pesada. Você merece meu irmão!
Amanhã tocaremos com o Coldplay Cover no delicioso saco do céu e você também, né Magdosa???
Beijos

Nálu Nogueira disse...

Um retrato 3x4, uns olhos sagazes encarando, uma ternura inusitada, quase estranha, emoldurando o rosto - eis o conjunto da obra em P&B que me chamou a atençao de imediato. Depois veio a voz cantando Fix You de um modo tão lindo e perfeito que eu ouvi mais ou menos 38 vezes só no primeiro dia - e quis chorar em apenas 33...
Juntando os dois arquivos, e mais as frases soltas das madrugadas no twitter, entendi que a ternura que me inquietava naquela foto 3x4 era real e era imensa. E isso tocou meu coração indelevelmente.
Linda homenagem, Antonio! Linda a amizade de vocês também. Inspiradora!

Celso Lins disse...

And took my heart also indelibly, minha doce e adorável, Nálu. Talvez o conjunto da obras sejas tu, minha pérola.

Obrigado, meu brother! Foi de uma gentileza sem tamanho esse belo post.

Silvia disse...

Celso, seu cachaceiro! Meus desejos virtuais, atrasados e sinceros de muita loucura boa pra você!
Que linda a homenagem do tio Antonio pro Tio Celso...hehe!! Vocês são muito foda!
Apareçam em Londrina ou nós apareceremos aí no Rio!!uehaeuh
Kisses

Dayana disse...

Hahahaha...eu já tinha lido na sexta, mas tive que sair e não eu para me manifestar. Esse cara é figuraça e toca, heim? Feliz aniversário, Celsito!
Não vejo a hora de reencontrar vocês.

rodrigo disse...

Oh .. mis felicitaciones demasiado tarde, pero en el fondo, compañeros de Celso

Postar um comentário

Diga-me algo