segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Whitney

Whitney Houston - 1963 - 2012

      As palavras de Lionel Ritchie quando disse que a majestosa voz da cantora deveria ser ouvida acima das discussões sobre os problemas que a atormentaram e que acabariam determinando o trágico e precoce fim da sua carreira, deveriam encerrar qualquer comentário a respeito. Whitney Houston, filha da não menos majestosa cantora gospel e soul Cissy Houston, que vendeu 25 milhões de discos no seu primeiro álbum, conheceu o céu e o inferno na mesma dose e intensidade e arrastou milhões de admiradores com sua voz sem igual morreu aos 48 anos como boa parte dos astros verdadeiros da musica contemporânea; De forma trágica e obscura, cercada de horrores em suas vidas familiares e deixando um legado soberano. Aqui a Arte é magnânima e universal. Então, que se faça musica... que se faça Witney!


English version


Lionel Ritchie's words when he said that the singer's majestic voice should be heard above the discussions on the problems that plagued and eventually determining the tragic and early end of his career, should close any comment about it. Whitney Houston, daughter of no less majestic gospel singer Cissy Houston and soul, which sold 25 million records his first album, know heaven and hell at the same dose and intensity and drew millions of fans with his unique voice has died at age 48 how much of the real stars of contemporary music; tragically, obscure, surrounded by horrors in their family lives and leaving a legacy sovereign. Here art is generous and universal. So that do music ... Which do Witney!


Whitney Houston - The Ultimate Collection [Full Album]




6 comentários:

Márcia Cristina disse...

Mais uma estrela...
Uma pena!
Mas fica a lembrança.
Uma belíssima voz,que encantou e continuará encantando...
Embalando muitos corações.

Antonio Siqueira disse...

Os grandes astros se apagam assim... De maneira abrupta, Marcinha! Mas você, melhor do que ninguém, sabe que uma razão forte existe, não é mesmo?
um beijo ;-)

Anônimo disse...

Apenas ouvir e lembrar do quanto era magnífica!

Luana BH

Anônimo disse...

MAIS UMA PERDA IRREPARÁVEL.

Osvaldir Sodré da Silva disse...

Só o amor constrói.

Celso Lins disse...

:(

Postar um comentário

Diga-me algo