sábado, 1 de março de 2014

Reliquias

   


ze_keti@arte_vital_blog

   





















      O cantor e compositor carioca Zé Kéti, nome artístico de José Flores de Jesus (1921-1999), sentiu a sua carreira começar a deslanchar em 1955, quando o seu samba “A voz do morro”, gravado por Jorge Goulart, pela Continental, fez enorme sucesso na trilha do filme “Rio 40 graus”, de Nelson Pereira dos Santos.

     “A Voz do Morro” mostra em sua letra que o samba é a única voz valorizada no morro, transformada em um condutor de alegria do Rio de Janeiro para o resto do país.





A VOZ DO MORRO
   Zé Kéti

Eu sou o samba
A voz do morro sou eu mesmo sim senhor
Quero mostrar ao mundo que tenho valor
Eu sou o rei dos terreiros

Eu sou o samba
Sou natural daqui do Rio de Janeiro
Sou eu quem levo a alegria
Para milhões
De corações brasileiros

Mais um samba, queremos samba
Quem está pedindo é a voz do povo do país
Viva o samba, vamos cantando
Essa melodia do Brasil feliz




ZéKeti - "A voz do morro"/gravação da radio JB am




2 comentários:

Anônimo disse...

A voz do samba!
Grande lembrança, viva o carnaval!

Marcelo

Márcia Cristina disse...

O nome já diz:Relíquias!
Foi-se o tempo...
Parabéns pelo resgate!




Postar um comentário

Diga-me algo