sexta-feira, 26 de abril de 2013

Pat Metheny: 'The Orchestrion Suite'


"Pat Metheny: 

Quando o homem supera a máquina"                   
     Por Antonio Siqueira


Pat Metheny - Divulgação





     

      Se existe uma palavra para definir o genial guitarrista Pat Metheny, essa palavra chama-se UNIVERSALIDADE. O verdadeiro exemplo de como um guitarrista com formação jazzística pode romper as barreiras estilísticas e explorar, com enorme conhecimento harmônico, rítmico e de arranjo, composições que vão do jazz moderno - utilizando guitarra sintetizada ou synth já no início dos anos 80, numa ideia inovadora para a época. Pode-se dizer que Pat foi um pioneiro deste segmento de sonoridade cativante, esse som viaja pulsante e meteórico nos seus primeiros álbuns; no álbum mais roqueiro, “American Garage” de 80 e em “Offramp” de 81.  Pat foi camaleônico em suas duas primeiras décadas, principalmente quando gravou  “Secret Story” de 1992.

      A história deste ícone da música instrumental é longa, bela e diversificada. Porém, o que eu sei mesmo é que “Pat Metheny Group”  já recebeu nada menos de 19 Grammys numa discografia extensa e eclética - ainda que fundamentada na música jazzística, instrumental - iniciada nos anos 70 e que já chegou na casa de 20 milhões de álbuns vendidos em todo o mundo. Uma máquina maravilhosa de fazer música de qualidade inquestionável.  Porém,o que vim abordar aqui é o seu novo DVD, “The Orchestrion Project”. Metheny quebra mais uma barreira, trazendo algo quase surreal, num cenário somente imaginado nos antigos desenhos animados ou seriados futuristas dos anos 60: uma mini orquestra controlada por computador onde os instrumentos acústicos (e também alguns elétricos) são executados por braços mecânicos. Um luxo sonoro num cenário, muito bem criado pelos diretores Pierre e François Lamoureux utilizando jogos de luzes, tecidos e tapetes jogados numa sensação de ambientação como a de um velho depósito ou um laboratório maluco - na verdade gravado em uma igreja em Greenpoint, Brooklyn - onde gadgets na forma de braços mecânicos robóticos se misturam a instrumentos musicais microfonados, além de dezenas de quinquilharias decorativas rodeando o músico com sua guitarra. Assim, iniciando com sua antiga composição “Unity Village” - do primeiro álbum, “Bright Size Life”, de 1976 - os instrumentos executados roboticamente vão entrando pouco a pouco para executar, juntamente com Pat em sua semiacustica Ibanez PM Model, a intrincada “The Orchestrion Suite”, peça formada de cinco movimentos complexos porém fluidos apresentados ao longo de cerca de seus 45 minutos.

      Um álbum diferente, muito louco. Sente-se falta da genialidade constante de Lile Mays, por exemplo, ou da Pat Group inteirinha. “The Orchestrion Project” é sem dúvida algo de mais impressionante visto na música moderna experimental, envolvendo a relação homem-máquina numa execução musical de expressão, provavelmente, jamais vista.  Quem curte e é fã deste exímio genial instrumentista, irá adorar, pois as composições e arranjos são belíssimos! Uma excelente dica para quem ama música de qualidade.




Conferindo o Trailler de "The Orchestrion Suite":




Pat Metheny The Orchestrion Project - Official Trailer







* Nota do Blog: Inspiradíssimo na minha esposa Márcia Siqueira, profunda conhecedora da música e obra da grande fábrica de sons, "Pat Metheny Group". Obrigado, Marcinha...Sempre!

3 comentários:

Anônimo disse...

Conhecimento!
Esse é o verdadeiro canal.
Salve o Arte Vital, que fica meio que paradão, mas quando atualiza é só trem bão.

Luana BH

Celso Lins disse...

Quero este dvd!!!
Este blog, sempre mandando ver.
Abração

Dra Márcia Cristina disse...

Nossa,surpresa maravilhosa!!!
Pat Metheny,um genio!! Quando pensamos que se superou,vem mais um grandioso projeto!!
Sem mais comentarios...
Parabens,Antonio Siqueira!! Voce coloca na ponta dos dedos,o que vem da alma... Eh isso!!! Traduzindo... Sentir com a alma e o coracao! Emocionada aqui,demaisss!!
Beijao,amor meu ♥

Postar um comentário

Diga-me algo