quinta-feira, 14 de julho de 2011

Um poema ainda existe --> Night brake nightmare

Súbito
Antonio Siqueira
















Que horas são?
Está escuro...
Eu tenho sono.
Eu sonhei com você
De branco, cheirando à flor
Me dizia que você e o mundo eram meus
Eu me senti um rei, 
Mesmo iludido
O amor tem desses recursos naturais
um deles é a auto-preservação...
Uma espécie de camuflagem para o sofrimento inevitável
E nos enganamos, não por simplesmente enganar
E sim para fugir da dor, para secar as lágrimas que ainda não caíram
Não ame
Apenas preserve e cuide bem
Pois, sonho ou pesadelo,
a noite sempre será longa
Para quem já conhece o caminho das trevas....


۞ڳڴ  English Version


Sudden


I dreamed of you

White, smelling the flower
Told me that you and the world were mine
I felt like a king,
even deluded
Love has these natural resources
one is self-preservation ...
A sort of camouflage for the inevitable suffering
And we fool ourselves, not just deceiving
And yes to escape the pain, to dry the tears that have not yet fallen
Do not love
Just take good care of and preserve
Well, dream or nightmare
the night is always long
For those who already know the path of darkness ....



7 comentários:

Anônimo disse...

sonhos lindos podem se tornar tristes ao se acordar. Não sonhe, mas escreva sempre.

Martha Sandroni - SP

moniabreu disse...

Adorei! A sonoridade da versão em inglês ficou D+! Bjs!

Dayana disse...

Minha versão germany:

"Plötzlich"

Ich träumte von dir
Weiß, Riechen der Blume
Erzählte mir, dass Sie und die Welt mir waren
Ich fühlte mich wie ein König,
selbst getäuscht
Die Liebe hat diese natürlichen Ressourcen
man ist Selbsterhaltung ...
Eine Art der Tarnung für die unvermeidlichen Leiden
Und wir vormachen, nicht nur zu täuschen
Und ja zu fliehen den Schmerz, die Tränen, die noch nicht trocken gefallen
Habt nicht lieb
Nehmen Sie einfach gute Pflege und Erhaltung
Nun, Traum oder Alptraum
die Nacht ist immer lang
Für diejenigen, die schon den Weg der Dunkelheit ...."

Ficou bárbaro, amigo.
Beijo
Day

Anônimo disse...

Tu anda IRADO, meu amigo!!!

M.A.V

Silvia Schroeder disse...

Adorei!
E no final das contas, somos apenas robôs programados pra amar, pra tentar sobreviver mais facilmente...

Antonio Siqueira disse...

Silvia, a noite será longa....
Os dias mais claros, a canção...o mar...
A vida ainda existe =/
beijo, filhota!

Antonio Siqueira disse...

Moni, isso é um poema para o Batman!!!
:-))

Postar um comentário

Diga-me algo