domingo, 23 de janeiro de 2011

O domingo e sua imposições confessionais




Domingo tangente 
Por Antonio Siqueira

...O que o passado beija e acalenta
Aqui e agora,
se fragmenta
Num presente sem muitas novidades, que nada sacia
Claro e evidênte a olho nu
Um som do The Who autenticando um verão de pouca poesia.





*Quando eu era adolescente e não podia sair aos domingos, me trancava no quarto para ouvir The Who e fugir do som da voz de Silvio Santos. Eu, simplesmente, me entrincheirava. 




4 comentários:

Dayana disse...

The Who é perfeito com segunda-feira também, Antonio! Ontem à noite, reparei que as musicas do variavam aqui, muito legal! Estou feliz por estar no Rio e já anunciei minha chegada a todos por e-mail, inclusive ao senhor. Muito sol, muita luz e estávamos precisando disso.

Um big beijo!

Dayana

Celso Lins disse...

;-) muito bom!!!

baroni disse...

E rock do bom, meu véio!

rodrigo disse...

Recuerdo escuchar a The Who con usted, mi hermano.

Postar um comentário

Diga-me algo